Novembro 24, 2020

Filipinas ordena volta de embaixadora por ter agredido doméstica no Brasil

Denúncia contra embaixadora ocorreu em agosto, mas o vídeo só foi divulgado após a funcionária ter voltado para seu país

O governo das Filipinas ordenou, nesta segunda-feira, 26, o retorno de sua embaixadora no Brasil, Marichu Mauro, após um vídeo no qual a diplomata agride fisicamente uma empregada doméstica ter sido divulgado.

“O Departamento de Relações Exteriores ordenou que a embaixadora da Filipinas no Brasil volte imediatamente após a publicação de algumas imagens em vídeo que a mostram repreendendo e maltratando sua empregada doméstica”, diz o comunicado. O governo filipino abriu uma investigação para apurar o ocorrido.

A ordem do governo filipino ocorre no dia seguinte a divulgação das imagens de uma câmera de segurança pela emissora brasileira GloboNews. O vídeo mostra Mauro agredindo repetidamente a funcionária que trabalhava na residência oficial da embaixadora em Brasília.

A denúncia das agressões contra a funcionária ocorreu em agosto. As imagens só vieram à tona após a volta da doméstica para as Filipinas, que, segundo o governo local, ocorreu no dia 21 de outubro. “Vamos garantir seu bem-estar e cooperação na investigação”, disse o departamento.

De acordo com a emissora, um outro funcionário da embaixada viu as cenas pelo circuito interno de televisão e as organizou para fazer uma denúncia contra a diplomata de carreira.

Mauro chegou ao Brasil há dois anos e meio, tendo sido recebida pelo então presidente, Michel Temer. A embaixadora também representava seu país na Colômbia, Guiana, Suriname e Venezuela.

Continua após a publicidade

Cresta Help Chat
Send via WhatsApp
01511993455895