Janeiro 25, 2021

Críticas a Felipe Neto são censuradas por Instagram e YouTube

Conteúdos negativos à imagem do youtuberFelipe Neto estão sendo bloqueados por plataformas de redes sociais. No decorrer dos últimos dias, Instagram e YouTube vetaram vídeos em que o influenciador digital aparece jogando futebol com amigos no Rio de Janeiro — apesar de se colocar como defensor do “fique em casa” desde o início da pandemia da covid-19 no país.

Responsável por informar ao público o fato de Felipe Neto ter saído de casa para jogar futebol, o jornalista Rica Perrone denunciou o ocorrido na terça-feira 29: teve postagem censurada no Instagram. O que teria ocorrido mais de uma vez. “Derrubou duas vez o meu vídeo sobre o Felipe Neto”, avisouo comunicador por meio de seu perfil no Twitter e com divulgação da postagem derrubada, com o alerta de que a publicação teria violado as diretrizes da comunidade.

Até o momento, a direção do Instagram não se manifestou a respeito. “Por favor, se alguém encontrar algum discurso de ódio dele me avise”, pediu o jornalista, que foi bloqueado pelo youtuber no Twitter. “Só gostaria que ele [Felipe Neto] soubesse que sou a favor que ele jogue bola e vá para a rua todo dia. O ponto é a mentira. Não o ato”, havia publicado Rica Perrone anteriormente.

Preocupado com a imagem

Nesta quarta-feira, 30, foi a vez do YouTube barrar um vídeo que mostra Felipe Neto descumprindo a norma defendida do “fique em casa”. O atingido da vez foi o economista Rodrigo Constantino, colunista da Revista Oeste. A plataforma de vídeo mantida pelo Google chegou a suspender a live que ele realizou justamente com Rica Perrone. A conversa teve mais de uma hora de duração, mas chegou a sair do ar a pedido do influenciador. Ele alegou uso indevido de sua imagem — no caso, os segundos em que aparece jogando futebol.

Constantino criticou o youtuber. “O jogo é pesado! Em mais de uma hora de live, Felipe Neto pediu para o vídeo todo ser excluído por conta de 50 segundos de imagem dele utilizada ‘sem autorização’, sendo que era justamente para expor sua hipocrisia”, pontuou. “Mimado autoritário! Moleque arrogante!”, prosseguiu o colunista que, em vez de apagar o material da rede em definitivo, contestou a reclamação do influenciador. Dessa forma, o vídeo de sua live voltou ao ar — e segue disponível ao público até o fim da tarde de hoje. Por ora, o comando do YouTube não comentou o caso.

Promessa de quarentena

Flagrado jogando futebol quando há meses pede para seus seguidores evitarem ao máximo sair de casa, Felipe Neto admitiu ter errado. Além de bloquear Rica Perrone no Twitter e pedir para o YouTube bloquear vídeo produzido por Rodrigo Constantino, o influenciador digital prometeu cumprir quarentena. Assim, garante que ficará sem sair de sua casa ao longo das duas próximas semanas.

Revista Oeste

The post Críticas a Felipe Neto são censuradas por Instagram e YouTube appeared first on Terra Brasil Notícias.

You may have missed

Cresta Help Chat
Send via WhatsApp