Abril 22, 2021

Kathleen Hicks pode ser 1ª mulher subsecretária de Defesa dos EUA

Kathleen é a atual diretora do programa de segurança internacional do CSIS

Kathleen é a atual diretora do programa de segurança internacional do CSIS
Divulgação

O presidente eleito dos Estados Unidos, o democrata Joe Biden, escolheu a ex-funcionária do Pentágono Kathleen Hicks para ser a nova subsecretária de defesa do futuro governo, e se a nomeação for confirmada pelo Senado, ela será a primeira mulher a ocupar o cargo.

Hicks, que já teve posições de destaque no Pentágono durante a administração de Barack Obama (2009-2017), é a atual diretora do programa de segurança internacional do CSIS (Centro de Estudos Estratégicos e Internacionais), com sede em Washington.

A equipe de transição do democrata também anunciou, em um comunicado, que Colin Kahl — conselheiro de segurança nacional de Biden, quando ele era vice-presidente —, será nomeado subsecretário de Defesa para Políticas, escolha que também deverá ser confirmada pelo Senado.

Veja também: Trump recorre à Suprema Corte contra resultados de Wisconsin

Hicks e Kahl “têm ampla experiência e capacidade de julgamento à prova de crises, habilidades necessárias para ajudar a resolver a enorme lista de desafios que enfrentamos hoje e que podemos vir a encarar no futuro”, disse Biden, em um comunicado.

Desde novembro, Hicks lidera os esforços de transição de Biden no Pentágono, como chefe da equipe que analisa as políticas do Departamento de Defesa. Kahl, que supervisionou os questões relacionadas ao Oriente Médio no Pentágono, é atualmente co-diretor do Centro para Segurança e Cooperação Internacional da Universidade de Stanford, na Califórnia.

Dentro do Pentágono, Kahl também esteve envolvido na retirada de tropas do Iraque, na política de contenção do Irã e no fortalecimento dos laços militares com Israel, segundo a equipe de transição de Biden.

O presidente eleito escolheu o general Lloyd Austin como secretário de Defesa, o que fará com que o militar aposentado há quatro anos seja o primeiro negro a ocupar o cargo, se sua nomeação for confirmada pelo Senado.

Para assumir a secretaria, Austin também precisará que o Congresso abra uma exceção para seu caso, já que existe uma lei que impede que militares de assumam o Pentágono antes de estarem aposentados há pelo menos sete anos.

You may have missed

Cresta Help Chat
Send via WhatsApp
11993455895