Abril 19, 2021

ELEIÇÕES EUA: 11 Senadores se juntam aos 140 deputados republicanos e dizem que irão votar para bloquear a “vitória” de Biden

Onze senadores republicanos, liderados pelo texano Ted Cruz, anunciaram que irão apresentar objeções à vitória de Joe Biden durante a sessão conjunta da Câmara e do Senado para ratificar o resultado, na quarta-feira.

A reunião do Congresso, em que os parlamentares contarão os votos emitidos pelos delegados ao Colégio Eleitoral em 14 de janeiro, é a última etapa formal do processo eleitoral americano antes da posse de Biden, em 20 de janeiro. Os parlamentares afirmam que pretendem barrar a ratificação a menos que haja uma “auditoria emergencial de 10 dias” em alguns estados em que Biden foi vitorioso.

Segundo Cruz, que tem planos presidenciais para 2024, e seus aliados, a auditoria é essencial para apurar “alegações de fraude eleitoral e conduta ilegal sem precedentes”. Autoridades locais democratas e republicanas atestam a lisura do pleito, assim como observadores internacionais.

Em seu comunicado, os republicanos citam como precedente a disputa presidencial de 1877 entre Samuel Tilden e Rutherford Hayes, em que houve alegações de fraude em vários estados:

“Em 1877, o Congresso não ignorou estas alegações e a mídia também não rejeitou aqueles que as apresentam como radicais tentando minar a democracia”, diz o comunicado. “Pelo contrário, o Congresso criou uma Comissão Eleitoral, consistindo de cinco senadores, cinco deputados e cinco juízes do Supremo, para ponderá-las e resolver a disputa.”

Os 11 se juntam ao senador Josh Hawley, do Missouri, que foi o primeiro a dizer que questionaria o resultado do Colégio Eleitoral, na quarta-feira. Para que uma moção seja discutida, é necessário que ao menos um senador e um deputado apresentem objeções. Segundo a CNN, cerca de 140 deputados devem fazê-lo na quarta.

Cruz tem o apoio dos senadores Ron Johnson (Missouri), James Lankford (Oklahoma), Steve Daines (Montana), John Kennedy (Louisiana), Marsha Blackburn (Tennessee) e Mike Braun (Indiana). Também se juntaram a eles os senadores eleitos Cynthia Lummis (Wyoming), Roger Marshall (Kansas), Bill Hagerty (Tennessee) e Tommy Tuberville (Alabama).

Agora Notícias Brasil

The post ELEIÇÕES EUA: 11 Senadores se juntam aos 140 deputados republicanos e dizem que irão votar para bloquear a “vitória” de Biden appeared first on Terra Brasil Notícias.

You may have missed

Cresta Help Chat
Send via WhatsApp
11993455895