Janeiro 24, 2021

Áudio mostra Trump pedindo que secretário da Geórgia ‘ache votos’

Raffensperger vem sendo pressionado por Trump desde a eleição

Raffensperger vem sendo pressionado por Trump desde a eleição

Dustin Chambers/ Reuters/ 17.11.2020

O presidente dos EUA, Donald Trump, pediu no sábado (2) que o secretário de Estado da Geórgia, Brad Raffensperger, “ache votos” para que ele seja declarado o vencedor da eleição presidencial de 2020. O pedido foi feito durante uma chamada telefônica de quase uma hora, divulgada neste domingo (3) pelo jornal Washington Post.

Leia também: EUA: juiz rejeita ação que tentava barrar resultado eleitoral

No áudio, Trump aparece afirmando, mais uma vez sem provas, que sua derrota na Geórgia foi produto de fraude e pede que os resultados, recontados em três oportunidades desde que a eleição foi realizada em 3 de novembro, sejam “recalculados”.

“As pessoas na Geórgia estão bravas, as pessoas no país estão bravas. E não tem nada de errado em dizer que, você sabe, hum, que você recalculou”, pede o presidente em um trecho. “Senhor presidente, o problema é que os dados que você tem estão errados”, responde Raffensperger.

Em outro, ele pede explicitamente que Raffensperger encontre os votos que ele precisava para vencer no Estado. “Então, veja, tudo o que eu quero fazer é isso. Eu quero encontrar 11.780 votos, que é um a mais do que precisamos”, diz Trump.

Derrota eleitoral

Na votação, o presidente eleito Joe Biden venceu na Geórgia com 2.473.633 votos, contra 2.461.854 de Trump. Uma diferença de exatamente 11.779 votos. Foi a primeira vitória de um democrata na Geórgia desde 1992. Com esse resultado, Biden chegou a 306 votos no Colégio Eleitoral e garantiu o resultado, que Trump ainda não aceitou.

Desde a eleição, advogados e partidários de Trump já entraram com cerca de 60 ações na Justiça tentando reverter o resultado das urnas, mas por não apresentarem provas de fraude, nenhuma delas chegou a ir a julgamento.

You may have missed

Cresta Help Chat
Send via WhatsApp