Janeiro 16, 2021

O que significa a volta do enriquecimento de urânio a 20% pelo Irã

O Irã diz que suspendeu seus compromissos nucleares em resposta às sanções restabelecidas pelos Estados Unidos

O Irã diz que suspendeu seus compromissos nucleares em resposta às sanções restabelecidas pelos Estados Unidos
EPA

O Irã diz que retomou o enriquecimento de urânio com 20% de pureza, em sua violação mais significativa até agora do acordo nuclear feito em 2015 com outras potências mundiais.

O porta-voz do governo, Ali Rabiei, disse à imprensa estatal que o processo começou na usina subterrânea de Fordo, perto da cidade de Qom.

O urânio enriquecido pode ser usado para fazer combustível para reatores, mas também para produzir bombas nucleares. O urânio usado para fabricar armas possui 90% de pureza.

O Irã, que insiste que seu programa nuclear é pacífico, cancelou uma série de compromissos previstos no acordo.

O país disse que está retaliando as sanções econômicas impostas pelos EUA, que foram restabelecidas pelo presidente Donald Trump quando ele abandonou o acordo em 2018.

Mas o primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu disse que a decisão do Irã “não pode ser explicada de nenhuma forma, exceto pelo contínuo progresso de sua intenção de desenvolver um programa nuclear militar”.

“Israel não permitirá que o Irã fabrique armas nucleares”, acrescentou.

O porta-voz da União Europeia, Peter Stano, disse que a ação do Irã, se confirmada, constituirá um “afastamento considerável” de seus compromissos no acordo nuclear e terá “sérias implicações (em termos de) não-proliferação nuclear”.

Rabiei disse à agência de notícias Irna na segunda-feira (4/1) que o processo de enriquecimento de urânio 20% havia começado “algumas horas atrás” em Fordo.

O parlamento do Irã aprovou uma lei exigindo enriquecimento de 20% após a morte de Mohsen Fakhrizadeh

O parlamento do Irã aprovou uma lei exigindo enriquecimento de 20% após a morte de Mohsen Fakhrizadeh
Reuters

O presidente iraniano, Hassan Rouhani, ordenou o processo por conta de uma nova lei que exige a produção e armazenamento de até 120 kg de urânio 20% enriquecido anualmente para fins pacíficos.

O Parlamento do Irã aprovou essa lei após o assassinato, no final de novembro, do principal cientista nuclear do país, Mohsen Fakhrizadeh — que os líderes iranianos atribuíram a Israel.

A Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) confirmou o enriquecimento a 20% na usina iraniana em um relatório a seus Estados-membros.

“O Irã começou hoje (4/1) a alimentar urânio já enriquecido a 4,1% de U-235 em seis centrífugas na usina de Fordo para enriquecê-lo a até 20%”, diz o comunicado.

O que é urânio enriquecido?

O urânio enriquecido é produzido alimentando o gás hexafluoreto de urânio em centrífugas para separar o isótopo mais adequado para a fissão nuclear, denominado U-235.

O urânio pouco enriquecido, que normalmente tem de 3 a 5% de pureza de U-235, pode ser usado para produzir combustível para usinas nucleares comerciais.

O urânio altamente enriquecido tem uma concentração de 20% ou mais e é usado em reatores de pesquisa.

Segundo os termos do acordo nuclear, o Irã estava autorizado a enriquecer urânio apenas com uma pureza de 3,67%, a estocar no máximo 300 kg do material, operar no máximo 5.060 de suas centrífugas mais antigas e menos eficientes e tinha sido obrigado a encerrar totalmente o enriquecimento em Fordo.

Mas o Irã tomou medidas para “reduzir” esses compromissos desde que Trump restabeleceu sanções para obrigá-lo a negociar a substituição de um acordo que ele disse ser “defeituoso em sua essência”.

As etapas incluíram aumentar o estoque de urânio pouco enriquecido, produzir urânio enriquecido com 4,5%, reiniciar centrífugas avançadas e retomar atividades de enriquecimento em Fordo.

O Irã enfatizou que as decisões podem ser revertidas se as sanções dos EUA forem suspensas.

O presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, que assumirá o cargo em 20 de janeiro, disse que considerará voltar ao acordo nuclear, desde que o Irã volte a cumpri-lo totalmente e se comprometa com novas regras.

Mas a recente medida adotada pelo Irã pode atrapalhar a oferta de Biden de voltar a entrar no acordo.

Por que 20% de pureza é muito?

Especialistas da Associação de Controle de Armas disseram no mês passado que 120 kg de urânio enriquecido a 20% era cerca da metade da quantidade de urânio que, quando enriquecido até o nível de armas (90% ou mais), seria necessário para uma bomba.

Eles também alertaram que a produção de urânio altamente enriquecido representaria um risco de proliferação mais sério a curto prazo.

Isso porque ir do estado natural do urânio de concentração de 0,7% de U-235 para 20% leva cerca de 90% do esforço total necessário para chegar ao grau para fabricar armas.

Antes de fazer o acordo nuclear, o Irã tinha quantidade suficiente de urânio enriquecido com 20% e diversas centrífugas com “tempo de término” estimado em cerca de dois a três meses.

O acordo reduziu o “intervalo de tempo” para no mínimo um ano.

You may have missed

1 min read
1 min read
1 min read
Cresta Help Chat
Send via WhatsApp