Janeiro 20, 2021

DEPOIS DE “ARROCHO” DO GOVERNO BOLSONARO, DPVAT NÃO SERÁ COBRADO EM 2021, SEGUNDO A SUSEP QUE FEZ OS CÁLCULOS AGORA SOBROU DINHEIRO

O Conselho Nacional de Seguros Privados (CNSP) revelou uma noticia que mais parece um milagre, vinculado ao Ministério da Economia, decidiu nesta terça-feira (29) que não haverá cobrança da taxa do DPVAT em 2021. O DPVAT é um seguro obrigatório, usado para indenização de vítimas de acidente de trânsito.

Segundo a Susep, não haverá cobrança em 2021 porque o DPVAT tem recursos em caixa suficientes para a operação no próximo ano. Esses recursos são de valores pagos em anos anteriores e que não foram utilizados.

Com a decisão, o seguro continua existindo, mas o motorista não precisará pagar o DPVAT. Uma eventual decisão sobre 2022 ainda terá de ser tomada pelo conselho.

Em 2020, o DPVAT passou por redução de 68% para carros, passando para R$ 5,23, e de 86% para motos, chegando a R$ 12,30.

Na reunião desta terça, o conselho decidiu ainda que Superintendência de Seguros Privados (Susep) deverá contratar um novo operador para o DPVAT.

Do valor arrecadado pelo pagamento do seguro obrigatório:

  • 50% são destinados ao pagamento das indenizações;
  • 45% vão para o Ministério da Saúde (pagamento do atendimento médico de vítimas);
  • 5% vão para programas de prevenção de acidentes.

The post DEPOIS DE “ARROCHO” DO GOVERNO BOLSONARO, DPVAT NÃO SERÁ COBRADO EM 2021, SEGUNDO A SUSEP QUE FEZ OS CÁLCULOS AGORA SOBROU DINHEIRO appeared first on Terra Brasil Notícias.

You may have missed

2 min read
2 min read
8 min read
Cresta Help Chat
Send via WhatsApp