Janeiro 19, 2021

Kim Jong-un saúda norte-coreanos por Ano-Novo em carta

Kim saúda norte-coreanos em carta

Kim saúda norte-coreanos em carta

Reuters

O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un desejou nesta sexta-feira (1º) aos cidadãos do país asiático felicidade e boa saúde em uma mensagem por carta que substituiu seu tradicional discurso de Ano Novo.

“Desejo sinceramente a todas as famílias de todo o país maior felicidade e boa saúde a seus entes queridos”, disse Kim, segundo a agência estatal de notícias KCNA e o jornal Rodong.

“Neste novo ano, também trabalharei para que em breve uma nova era na qual os ideais e desejos de nosso povo se torne realidade”, escreveu Kim, além de agradecer ao povo norte-coreano por “invariavelmente confiar e apoiar” o Partido dos Trabalhadores “mesmo em tempos difíceis”.

Quase todos os anos desde que chegou ao poder, no final de 2011, Kim fez um discurso transmitido pela televisão por ocasião do Ano Novo e que também servia para dar pistas sobre os planos do regime para seu programa armamentístico.

Não se sabe por que Kim não escolheu fazer um discurso este ano, embora muitos analistas políticos apontem a má situação econômica que o país está enfrentando depois de sofrer vários desastres naturais e a devastação da pandemia do novo coronavírus.

Congresso do Partido Único

No próximo congresso do partido único do país, que deve acontecer neste fim de semana, será apresentado um novo plano econômico quinquenal, e Kim também deverá fazer um discurso que pode indicar os rumos do regime para 2021.

Após o impasse alcançado nas negociações sobre desnuclearização entre Kim Jong-un e Donald Trump, a Coreia do Norte não fez nenhuma declaração sobre a vitória de Joe Biden nas eleições presidenciais americanas.

Muitos analistas acreditam que o regime defenderá no congresso do partido a necessidade de manter seus ativos nucleares e até mesmo iniciar testes de armas a partir de fevereiro, após a posse de Biden, para tentar forçar um retorno às negociações.

As autoridades norte-coreanas ainda não especificaram uma data para o início do congresso, embora acredite-se que deva começar neste fim de semana, já que o regime informou ontem sobre a chegada a Pyongyang dos milhares de delegados que participarão do evento.

You may have missed

2 min read
2 min read
8 min read
Cresta Help Chat
Send via WhatsApp