Janeiro 25, 2021

Reino Unido reativa hospitais de campanha após avanço de covid-19

Reino Unido registrou mais de 50.000 novos casos diários do vírus nos últimos quatro dias

Reino Unido registrou mais de 50.000 novos casos diários do vírus nos últimos quatro dias
REUTERS/Simon Dawson 01.01.2021

Autoridades de saúde britânicas estão reativando hospitais de campanha que foram montados no início da pandemia para lidar com o aumento nos casos de covid-19. O avanço da doença está colocando os leitos disponíveis sob “extrema pressão”, particularmente em Londres.

O Reino Unido registrou mais de 50.000 novos casos diários do vírus nos últimos quatro dias, causados em parte devido a uma nova variante que é muito mais infecciosa, e um aumento no número de pessoas que estão morrendo a cada dia.

Os médicos alertaram que ainda estão lutando para lidar com o surto, especialmente quando tantos colegas estão doentes ou precisando se isolar e os paramédicos e enfermeiros têm que tratar pacientes em ambulâncias devido à falta de leitos disponíveis.

Um email enviado aos funcionários do Royal London Hospital disse que agora estavam operando sob “modalidade de medicina de desastre”. Uma porta-voz do Serviço Nacional de Saúde (NHS, na sigla em inglês) disse que o hospital Nightingale em Londres estava sendo preparado para reabrir se necessário.

“Antecipando-se às pressões que a disseminação da nova variedade da infecção, foi solicitado ao NHS da região de Londres que reativasse o Nightingale, garantindo que esteja pronto a admitir pacientes caso necessário”, ela disse. “Este processo está em andamento.”

Leia também: Novas variantes do coronavírus vão aumentar internações e mortes

O hospital, localizado no Centro de Exibição Excel, em Londres, batizado em homenagem à pioneira da enfermagem da Era Vitoriana Florence Nightingale, será gerido por médicos de Londres com suporte adicional do Exército e parceiros no setor voluntário, se necessário, disse a porta-voz.

You may have missed

Cresta Help Chat
Send via WhatsApp