Janeiro 27, 2021

‘Cenas vergonhosas, diz Boris Johnson sobre Congresso dos EUA

Johnson criticou invasão do Congresso norte-americano

Johnson criticou invasão do Congresso norte-americano

Jessica Taylor / Parlamento Britânico via EFE – EPA – 16.12.2020

O primeiro-ministro britânico Boris Johnson classificou como “vergonhosas” as cenas da invasão ao Congresso norte-americano por manifestantes a favor do presidente republicano Donald Trump nesta quarta-feira (6).

A sessão desta quarta deveria ser apenas uma formalidade para confirmar a vitória do presidente eleito, o democrata Joe Biden. Uma mulher foi baleada durante a invasão.

Em publicação nas redes sociais, Johnson afirmou que os Estados Unidos “representam a democracia em todo o mundo e agora é vital que haja uma transferência de poder pacífica e ordeira.”

Biden

Joe Biden fez um pronunciamento em rede de televisão para lamentar os protestos pró-Donald Trump que tomaram conta do Congresso do país. Ele pediu que o republicano faça um pronunciamento em rede nacional para pedir o fim dos protestos e da invasão do prédio do Capitólio.

“Nossa democracia está sob um ataque sem precedentes, diferente de tudo o que já vimos. Vou ser bem claro, as cenas de caos não refletem nosso país e não representam quem somos. Vemos um pequeno grupo de extremistas causando desorem e caos, isso beira a sedição. A democracia é algo frágil”, disse o democrata, que estava em seu comitê de campanha em Wirmington, no Estado de Delaware.

Por conta da invasão, a prefeita de Washington, Muriel Bowser, decretou um toque de recolher nas ruas da capital dos EUA, das 18h desta quarta até 6h de quinta (20h até 8h no horário de Brasília).

Veja fotos da invasão ao Congresso dos EUA:

You may have missed

Cresta Help Chat
Send via WhatsApp